Quase todos os meus domingos incluem duas horas da mesma actividade: cozinhar e preparar as refeições para a semana. Não querendo emagrecer a carteira e engordar o corpo, por muito que chore lágrimas de sangue pelo tempo que se gasta, a verdade é que os meus dias correm bastante melhor porque já tenho tudo feito.

Por isso, hoje partilho convosco os meus fiéis escudeiros de meal prep (preparação de refeições) e de organização das mesmas, sem os quais esta tarefa seria impossível.

Frascos

Uso tudo o que vem à mão e seja grande e resistente. O frasco do molho de tomate da Quinta do Arneiro, enlatados que vêm em vidro (serão enfrascados?), se tiverem um tamanho aceitável, reciclo. Se não, há uns óptimos no Continente que, na verdade, são os que mais uso. Têm algumas medidas mas eu fico-me pela maior. Se não quiserem de todo gastar dinheiro, aproveitem o que têm em casa. Há sempre um frasco ou outro ali à mão.

Caixas de vidro

Há muito que larguei o plástico. Mantenho um ou outro Tupperware, daqueles bons que não se desintegram, mas quase todos os meus organizadores de comida são de vidro. Muito mais higiénicos e amigos do ambiente. Para transportar a marmita para o trabalho é pior porque é mais pesado mas nada que me faça voltar atrás na decisão de mudar para o vidro. Aliás, nem sei como demorei tanto tempo a chegar aqui.

Compro os meus recipientes no Continente ou no Ikea. Aproveito as promoções do primeiro e os bons preço do segundo. Em termos de qualidade são similares. Tudo tem desgaste, sobretudo quando se usam em permanência, como é o caso de quem cozinha para si e para a família.

Sacos de congelação

Fundamentais para congelar pão, pedaços de carne grandes demais para consumir logo ou até para fazer uma marinada. Uso-os para muita coisa, tanto os do Continente como os do Pingo Doce são bons. Não os reutilizo, como há muita gente que faz. A não ser os que guardam alimentos não cozinhados, como o pão, vão para a reciclagem, sou muito “nójinhas”. LOL

Pinças

Sim, é básico, mas há um mundo antes das pinças e depois das pinças. Não dá sabor aos pratos, mas dá-me jeito a mim, que quando temos 4 panelas ao lume, é imenso. As minhas são do IKEA e recomendo.

Balança

Parece coisa de pessoa neurótica e se calhar é. Gosto de pesar a comida porque tenho de ter algum tipo de controlo. De outro modo, enfardo tudo que vejo e só paro quando me sinto a rebolar. Com a balança, consigo organizar as refeições com um peso similar e ter uma noção do que ingiro. É estranho? É. Mas é a vida.

Bimby

Está muito velhinha, a minha, mas ainda dá para as curvas. Sobretudo, dá para cozinhar o arroz para a semana sem ter de estar sempre a mexer. Fica um basmati solto e saboroso. Dá-me mesmo muito jeito, é menos uma panela no fogão.

Liquidificadora

Dá para tudo, desde sumos a sopas. Eu uso-a também para molhos e para picar alho e cebola, que odeio o cheiro que fica nas mãos. Foi muito barata e funciona muito bem. 

 

E vocês? Contem-me tudo. Organizam-se?

Fotografia: Istockphoto

2 Replies to “Meal prep: os melhores amigos da minha cozinha”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *