Esta semana, em vez de fazer uma seleção de receitas já experimentadas por mim, trago-vos três dos sites mais visitados quando estou numa fase em que acho que o melhor é substituir tudo por qualquer coisa mais “fit”. Ou seja, receitas daquelas que a malta do ginásio come em barda e que eu, só de olhar para eles, já quero experimentar. Entre a aveia, a batata doce, as tâmaras, as barras-tipo-Prozis e todos aqueles ingredientes próprios da dieta de quem quer ficar seco, fit e com corpo digno de capa de revista, aqui ficam as minhas inspirações (LOL, inspirações, quem sou eu?!)

The Fitness Chef

A única forma de perder peso que funciona comigo é controlar a ingestão de calorias e a queima das mesmas. Não sei como é convosco, mas comigo é assim que resulta. Não ando de calculadora em riste de cada vez que o estômago me pede comida mas tento informar-me sobre o valor calórico do que como para, assim, tomar melhores decisões. E se há página que me ajuda, é esta, do The Fitness Chef, justamente pelo tipo de fotos que podem ver ali em cima. Ao juntar alimentos diferentes e comparar as percepções que temos deles, percebemos que há escolhas que fazemos que contribuem, em muito, para escolhas menos boas que não nos fazem propriamente bem, seja a que nível for. Além desta boa informação, também há receitas saborosas (dentro do género, não-é-açúcar-mas-é-doce) e simples de fazer. Sigam-no, há muito para aprender.

Fit Men Cook

Gosto deste site porque, além de dezenas de receitas, o “man” por detrás delas é um tipo que outrora foi gordíssimo e hoje, graças ao exercício e boa alimentação, está saudável e fit. Confio sempre em quem sabe pessoalmente do que fala, quando existe conhecimento real sobre os alimentos. Além das receitas, ele dá imensas dicas, sobretudo em relação ao meal prep e ao modo como este hábito nos ajuda a comer melhor e a fazer melhores escolhas. Há receitas, desafios, dicas e muita e boa informação.

The Body Coach

Já aqui falei várias vezes do Joe Wicks, mais conhecido como The Body Coach, porque gosto da história dele, a missão de levar o movimento e o exercício físico a todas as escolas do Reino Unido e do modo simples e nada fundamentalista como sugere exercícios e receitas. O blog está cheio de boas ideias para seguir, tal como o Instagram, que acumula também com exercícios para fazer em casa, histórias e dicas úteis. Além de uma fonte de sugestões e ideias, este site é igualmente fonte inspiração. Ora, espreitem.

E vocês, inspirações, têm?

Fotografia: Istockphoto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *