Sabem aqueles dias em que acordamos de manhã, todas tortas, sem acreditar que já é dia e com um camadão de sono que nem nos deixa abrir os olhos? Sabemos todas, não é? Pois, é. Por isso, como não queremos que vos falte nada, fomos elencar um conjunto de exercícios muito simples e rápidos que, em apenas cinco minutos, têm uma missão importante: pôr o corpo a mexer, a movimentar-se e, assim, tornar a tarefa de abrir a pestana um pouco menos caótica.

Não são exercícios para “perder calorias”, “biquini body” ou qualquer outra sandice do género. Esta combinação de força e alongamento serve para acordar o corpo, que, por sua vez, nos vai acordar a nós. Ora, atentem.

Espreguiçar

Toda a gente diz que é falta de educação mas espreguiçamo-nos é dos melhores serviços que podemos prestar ao nosso corpo, seja em que altura do dia for. De manhã, ainda deitadas, estiquem o esqueleto o mais que puderem. Depois, com ele ainda esticado, respirem fundo 3 vezes. Inspirem, prendam a respiração por dois ou três segundos, e expirem fortemente. Repitam um par de vezes.

Joelhos alternados

Ainda deitadas na cama, puxem um joelho ao peito e deixem a outra perna dobrada, com o pé assente na cama. Respirem duas ou três vezes, como no exercício anterior, não façam força no pescoço nem nas costas. Repitam com a outra perna.

Pernas esticadas

Continuando deitadas, os dois joelhos dobrados, levantem uma perna e, com a mão atrás do joelho, puxem para vocês, alongando. A respiração é sempre igual aos exercícios anteriores. O mesmo com a outra perna.

Joelhos ao peito

Levem os dois joelhos ao peito e respirem, como já explicado. Não levantem a cabeça e evitem esforçar o pescoço. Devem sentir os glúteos e a lombar a alongar.

Joelhos ao lado

Deitadas de costas, abram os braços, levantem as pernas a 90 graus e levem-nas à esquerda e à direita, sem mexer a bacia e sem levantar os ombros do colchão. Vão à direita, respirem 3 vezes, fundo, e depois repitam à esquerda.

Rodar o tronco

Sentadas na cama, braços à altura dos ombros, costas e ombros direitos, rodem o tronco para a esquerda e para a direita, até se sentirem confortáveis e sem dor. Repitam 6 vezes para cada lado, a cada rotação respirem fundo, como indicado anteriormente.

Esticar as costas

De pé, mãos na cintura, ombros e pescoço relaxado, inspirem fundo e estiquem o peito para fora. Expirem e voltem ao normal. Repitam 6 vezes. Não se esqueçam de respirar como indicado, por forma a soltar a tensão da lombar.

Alongamento da lombar

Deitadas na cama, braços à altura dos ombros, mãos dadas a formar um arco. Costas enroladas, a fazer força para trás.Repitam 6 vezes. Não se esqueçam de respirar como indicado.

Alongamento dos gémeos

Sentadas na cama, pés à largura da cintura, levar as mãos os mais abaixo possível até aos tornozelos, sempre com as costas direitas. Repetir 6 vezes, sempre a respirar como indicado.

Corrida no mesmo sítio

Façam uma pequena corrida de 20 segundos, sempre no mesmo sítio, com os joelhos levantados e os braços a acompanhar o movimento de corrida.

Agachamentos

Braços esticados à frente, agachar calmamente, de forma controlada, sempre tendo em atenção para os joelhos não irem à frente dos pés. Subir e repetir 10 vezes.

Alongamento laterais

Pés à largura da cintura, mãos na cintura, coloquem o pé direito atrás do pé esquerdo, subam o braço direito e inclinem-se para a esquerda. Sintam a lateral a alongar. O mesmo do outro lado: pé esquerdo atrás do direito, braço esquerdo em cima, alonguem para a direita. Repitam 4 vezes, sempre a respirar entre alongamentos.

Alongamento frontal

Pés à largura da cintura, dobrem o corpo e deixem cair os braços para a frente, em direção ao chão. Tentem tocar com as mãos no chão, se não, alonguem apenas. Repitam 5 vezes, sempre a respirar.

 

Se fizerem isto todos os dias, são 5 minutos que vos vão trazer um enorme bem-estar. Acreditem.

Fonte: NHS
Fotografia: Istockphoto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *